quarta-feira, 13 de julho de 2011

074: Inspirações Xamânicas para o nosso Cotidiano

OUTRAS ÁGUAS




Não se desespere, espere. Sua vida não está perdida. Sua vida é uma conquista das forças do Grande Mistério. Sei que é difícil, um desafio até, quando as coisas não andam no ritmo que se espera. Pode ser que tenha entregado sua força nas mãos do controle, do carrasco exigente da perfeição que nunca chega, do tempo indisponível preenchido com as escolhas de outros. Mas calma. Calma.

Permita que as águas da sua vida sejam purificadas pelas lágrimas que derrama e lavam seus pés. Um velho amigo me disse certa vez: “Chorar faz bem. Ajuda a limpar a forma como se enxerga a si mesmo e o mundo.” Tentar construir barragens é se prender naquilo que não é para você, naquilo que você não se sente feliz. Deixe fluir as águas, as lágrimas, as derrotas, as falácias, como espelho e reflexos de sua vida. Calma, permita que a renovação chegue e amoleça seu coração.

Quantas vezes prendeu seu choro, escondeu suas dores, camuflou seus sentimentos por medo de incomodar alguém ou não passar uma idéia errada? Quantas vezes deixou de ser você para ser o que os outros esperavam? Mas por favor, perceba, escute, sinta o que realmente busca a sua alma. Sinta a sua alma. Ela pede socorro, ela precisa que você esteja de volta. Volte! Volte para a sua verdade. Realimente seus sonhos. Resignifique sua vida. Esteja aberto para outras águas.

Mitakuye Oyasin!
“Por todas as nossas relações!”

Série: 365 Inspirações Xamânicas para o nosso Cotidiano
Autor: Samuel Souza de Paula
Crédito da Imagem: Water Bearer - Willow Arlenea
Site: www.espiritualidadenatural.blogspot.com

2 comentários:

Milton brigaNET disse...

oi

Samuel Souza de Paula disse...

Oi Milton,
Que esteja bem!
Paz e Luz no seu caminho.